quinta-feira, 24 de abril de 2008

RAIZ DI POLON entre a Arte e a Loucura


Ha coisas na vida que sentimos que temos que fazer porque nos engrandecem a Alma. Por isso, quero convidar a todos, a estar presentes na abertura da minha exposiçâo : Raiz di Polon entre a Arte e a Loucura. A exposição terá lugar no Centro Cultural françês na Praia, pelas 18 horas e 30.
Ás 20 horas e dentro do âmbito da exposição que está integrada nas comemorações do dia internacional da Dança ( dia 27 de Abril), poderão ainda assistir a uma performance do grupo RAIZ DI POLON.

Raiz di Polon entre Arte e a loucura

Durante a segunda quinzena de Setembro de 2007, decidi juntar-me ao grupo de dança Raiz di Polon, com a finalidade de entender melhor e registar em imagens, o fantástico trabalho que este grupo vem efectuando, principalmente, a nível social. E, o melhor exemplo dessa entrega é a escola de dança que os bailarinos deste grupo mantêm nas suas instalações no Platô, na rua 5 de Julho. As inscrições são totalmente grátis e não são cobradas qualquer tipo de propinas para assistir às aulas. Basta ter vontade de aprender e alguma disciplina. Mas ali, aprende-se muito mais que a postura física que se impõe no processo de aprendizagem da dança. Mano Preto e os Raiz di Polon, ensinam às crianças e adolescentes que se dirigem ao seu centro de ensaios com a finalidade de aprender a dançar, ou tão só para ocupar os seus tempos livres, a ter uma visão e uma atitude que valoriza o ser humano na vida e perante a Arte, numa sociedade cada vez mais despida de valores nobres. Tudo isso, sem receber qualquer tipo de apoio financeiro, tanto das instituições do estado como do sector privado.

Esta exposição, tem a pretensão de ajudar a trazer a público imagens que falam deste projecto que os Raiz di Polon vêm desenvolvendo. Não como figuras de relevo internacional, porque sobejamente reconhecidos. Mas, através da fotografia, contar a história deste grupo de dançarinos que, são suficientemente loucos para pensar que, em Cabo Verde, a sociedade pode ser educada através da Arte!

Os quadros que agora partilho convosco, foram captados na escola de dança dos Raiz di Polon, bem como em participações de cariz social deste grupo, como as que pude assistir no hospital da Trindade e na celebração de mais um aniversário da Aldeia SOS da Assomada. São o resultado de parte do que pude absorver, do que me foi dado a conhecer de forma partilhada, pelo Mano Preto, pela Bety, pela Gorete, pelo Kaká, pelo Zeka, pelo Rosa, pelo Nuno, pelo Jeff, e por todos que fazem parte desta grande família que é o Raiz di Polon.

Baluka Brazão

7 comentários:

Miguel Barbosa disse...

Bom trabalho, Baluka.
Parabéns a todos!

Baluka Brazao disse...

Miguel, obrigado por teres passado.
Abraço.

João Branco disse...

Olha, novidade para mim! Não sabia que eras um homem da imagem. Parabéns. Belo cartaz. Vai ter a divulgação merecida lá no Margoso! Um abraço, JB

Anónimo disse...

Ontem aconteceu na Praia a união perfeita...entre a fotografia e a dança.

Parabéns Baluka

Um abraço
Catarina Cardoso

Peps disse...

Baluka, ê módi?
Nsta spera nha passagi pa'n bai odja exposiçon!!! seria bom!;-)
Aquele abraço e boa sorte!

neulopes disse...

Baluka, não te conhecia como fotógrafo até ver-te na televisão.
Que viva a arte. Muita força e continua com tua carreira arística.
Um abraço amigo

Baluka Brazao disse...

João, a fotografia é minha mas o cartaz foi feito pelo César schofield. Obrigado pela divulgação.
Catarina, mais uma vez obrigado.
Peps n ta spera ma bu ta tem oportunidadi di odja num outo oportunidadi.
Neu obrigado pelas palavras.
Um abraço a todos.

Ta Sumara Tempo

A minha foto
Praia, Ilha de Santiago, Cape Verde

Jasmine Keith Jarret

Jasmine Keith Jarret

Arquivo do blogue