quinta-feira, 27 de março de 2008

DIA DA MULHER KABOVERDIANA

27 de Março, é o dia da Mulher cabo-verdiana. Por coincidência, é também o dia que marca o aparecimento da pílula mágica azul, o viagra, que faz hoje dez anos!

Cabo Verde, continua a ter índices altos de violência familiar, na maior parte dos casos, exercida pelo marido sobre a mulher e os filhos. Muitos desses casos estão directamente ligados ao consumo de bebidas alcoólicas que continua a ser um dos grandes problemas da saúde pública nacional. É sabido também - porque provado cientificamente -, que o consumo continuado de álcool, pode provocar impotência sexual. Não sei qual a influência que isso poderá ter nos índices de consumo do viagra e no aumento de casos de morte por ataque cardíaco a nível nacional. Mas, há uma pergunta que gostaria de vos deixar, para reflexão : Alguns homens cabo-verdianos tornam-se agressivos devido ao consumo excessivo de álcool que os torna insanos, ou porque, quando chegam a casa completamente bêbados, sentem-se frustrados por não conseguirem ter uma erecção normal?

Foto: Baluka Brazão

4 comentários:

João Branco disse...

Olha, eu não sabia desta coincidência. Vai valer uma «cafeana» dedicada a ti (e espero que não haja mal-entendidos por causa da dedicatória.. hehe). Respondendo à pergunta, claramente a primeira hipotese. Aliás, sempre considerei que o pais, em geral, e o Estado, em particular, trata este assunto do alcoolismo com demasiada leveza. É, claramente, o principal problema de saúde pública do nosso país.

Baluka Brazao disse...

Eu tamém não sabia joão. Soube-o hoje quando via o telejornal das 13 cá em Paris, onde inclusivé foram promovidos debates sobre os problemas causados pela impotência na relação homem,mulher.
Obrigado pela tua participação e pela dedicatória (sem mal entendidos... eh, eh, eh).
Abraço.

Catarina disse...

Não sei se hei-de entender a tua pergunta como uma mera brincadeira... mas queria referir que.... nem todos os homens que bebem batem, agridem, obrigam a mulher a manter relações sexuais, aterrorizam, humilham, etc... e nem todos os homens que o fazem... bebem...

A bebida tem costas largas no que toca à VBG (Violência Baseada no Género)... é um grande propulsor para todos os que agridem, física, verbal ou psicologicamente.... mas não passa disso de um propulsor, para quem já de si... acha que tem o poder de punir uma mulher só porque o é: mulher e ele homem... (o tradicional patriarcado!)

Em relaçãos às frustrações sexuais... pode até ser que seja mais uma das agravantes... mas é mais uma das características comuns a todos os agressores: baixíssima tolerância à frustração!!!

Já agora... e porque estamos em Março... 30% das mulheres caboverdianas declararam ser vítimas de VBG (leia-se.... declararam)
Em Espanha MORREM 100 mulheres por ano vítimas de VBG e 400 suicidam-se por serem vítimas de VBG (fora as que vivem esse inferno quotidiano)

Com ou sem viagra... vamos olhar para nós e para o lado e assumir que é uma questão de saúde pública que se vai reflectir nos filhos dos casais... por isso: Entre marido e mulher, por favor, nhos meti cudjer sim!

Baluka Brazao disse...

Não Catarina, não tomes a minha pergunta como mera brincadeira, porque trata-se de um assunto sério. A ideia da pergunta foi exactamente, a de provocar a discussão sobre três temas que continuam a ser tabu na nossa sociedade: o alcoól, a violência baseda no género e a disfunção sexual. Toda gente sabe que eles existem, mas poucos estão dispostos a falar sobre eles.
Obrigado pela tua participação.
Abraço.

Ta Sumara Tempo

A minha foto
Praia, Ilha de Santiago, Cape Verde

Jasmine Keith Jarret

Jasmine Keith Jarret

Arquivo do blogue